terça-feira, 13 de maio de 2014

Vingança de protagonista ganha novos rumos em Revenge

Desde que chegou aos Hamptons, Emily Thorne/Amanda Clarke (Emily VanCamp) jurou vingar a morte de seu pai, David (James Tupper). Mas, o que será desta vingança após uma revelação que muda o sentido de tudo? "Revenge" terminou sua terceira temporada no domingo (11) com a volta de um morto muito vivo e a promessa de uma nova reviravolta para a trama.
No último episódio, Emily está colhendo as glórias de ter conseguido mandar Conrad (Henry Czerny) para a cadeia, depois de conseguir a confissão dele sobre os crimes cometidos no passado e cujas provas foram adulteradas para acusar David Clarke. Com Conrad na cadeia, Emily volta sua vingança para Victoria (Madeleine Stowe) que, por sua vez, está desconfiada da verdadeira identidade da protagonista.
Para revidar a morte de Pascal (Olivier Martinez), seu companheiro e aliado, Victoria decide usar uma antiga conhecida para emboscar Aiden (Barry Sloane), que morre sufocado pela "rainha" dos Hamptons. Quando descobre a morte do parceiro, Emily vai atrás de Victoria, querendo matar a inimiga. Mas, depois, ela decide internar Victoria em um hospício, para não ter sua verdadeira identidade revelada.
Enquanto a protagonista busca vingar Aiden, Charlotte (Christa B. Allen) descobre que Jack (Nick Wechsler) esteve envolvido em seu sequestro, que culminou na revelação de que Conrad acusou falsamente David Clarke. Isso faz com que Jack seja levado pela polícia, para prestar depoimento sobre a noite do sequestro.
Enquanto tudo isso acontece, Conrad passa dias difíceis na cadeia, sofrendo com as investidas de um guarda que parece não aceitar o envolvimento do empresário com os crimes que o colocaram atrás das grades. Mais para frente, o mesmo guarda é responsável por facilitar a fuga de Conrad do presídio. Mas, mal sabe ele que, enquanto caminha para liberdade, também está indo rumo ao passado. Na estrada, ele percebe a aproximação do veículo que vai ajudá-lo a partir dali, mas não acredita em quem está dirigindo o carro: David Clarke. O pai de Amanda não perde tempo e esfaqueia o empresário, que cai desacordado.
A revelação de que David Clarke está vivo pode alterar os rumos de "Revenge". Guiada pelo desejo de vingar a morte do pai, Emily/Amanda corre o risco de perceber que sua motivação pode ter sido manipulada pelo falso assassinato de David.
Com essa nova reviravolta, "Revenge" captura o espectador, mais uma vez, e deixa um bom gancho para o quarto ano da série. O maior destaque do seriado é a trama, muito bem amarrada e cheia de detalhes, que fazem a diferença no final. Isso faz com que "Revenge" se sobressaia, já que, mesmo não sendo uma série revolucionária, consegue hipnotizar a atenção do público.
O clima de "A Volta Dos Que Não Foram", com a revelação de que David Clarke está vivo, surge em "Revenge" com a promessa de mexer com os rumos da história e, mais uma vez, sacudir o destino dos personagens. Que a série permaneça assim: prendendo o espectador com suas surpreendentes reviravoltas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário