domingo, 20 de maio de 2012

Uma miscelânea de contos de fada

A Branca de Neve é amiga da Chapeuzinho Vermelho, que se transforma no Lobo Mau e ataca as pessoas. A Fada Azul, que transforma o Pinóquio em um menino de verdade, é a mesma que ajuda o filho de Rumpelstilstkin a salvar seu pai. E, o Chapeleiro Maluco ajuda a Rainha Má da Branca de Neve para que, assim, ele possa reencontrar sua filha. Esse emaranhado de histórias que se entrelaçam formam "Once Upon A Time", série do canal ABC que terminou sua primeira temporada no último dia 13.
Em mais uma tentativa para tirar Emma (Jennifer Morrison) do caminho, Regina/Rainha Má (Lana Parrilla) decide envenená-la do mesmo jeito que fez com a mãe dela, a Branca de Neve (Ginnifer Goodwin): com uma maçã! Desta vez, porém, quem acaba comendo a fruta Henry (Jared S. Gilmore), filho biológico de Emma e adotivo de Regina.
Auxiliadas por Mr. Gold/Rumpelstilstkin (Robert Carlely), Emma e Regina precisam ir atrás da poção de amor verdadeiro, guardada dentro da bruxa Malévola pelo Príncipe Encantado (Joshua Dallas). Aprisionada por Regina, Malévola vivia no subsolo do relógio de Storybrooke é ela era uma das poucas coisas que restaram de mágicas no mundo real após a maldição.
Após uma trapaça de Rumpelstilstkin, Emma e Regina perdem a poção e se desesperam pela morte de Henry. Porém, e com um beijo de amor verdadeiro, Emma consegue acordá-lo e a maldição feita pela Rainha Má é quebrada, fazendo com que todas as pessoas da cidade lembrassem de suas identidades no mundo encantado dos contos de fada.
Escrita pelos roteiristas de "Lost", "Once Upon A Time" foi uma grata surpresa dessa nova leva de séries que estrearam no ano passado. A ideia de recontar os contos de fada e fazer paralelos com o mundo real rendeu bons argumentos. O elenco também é muito bom e os atores parecem embarcar de corpo e alma na fantasia dos personagens.
As viradas e surpresas que a série revela mostram a qualidade de um roteiro bem amarrado. Particularmente, fiquei surpreso que a maldição jogada nos personagens fosse quebrada no fim da temporada. Mas, com certeza, o gancho deixado neste final proporcionará novas facetas para a história.
Se continuar assim, a miscelânea de contos de fada de "Once Upon A Time" só irá melhorar, o que me leva a pensar que quanto mais misturadas as história forem, melhor para o telespectador!

Nenhum comentário:

Postar um comentário