segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Séries boas de ouvir: Scandal


A ideia inicial de um texto sobre as trilhas sonoras, cada vez mais caprichadas das séries, surgiu de uma consulta ao Shazam, aplicativo de smartphone que permite a identificação de músicas. Os momentos em que mais uso o Shazam acontecem quando estou assistindo séries e, em uma olhada rápida no aplicativo, percebi que 90% das canções identificadas tinham a ver com produções televisivas.
À princípio, a intenção era listar cinco séries que têm trilha sonoras ótimas e que conversam com as tramas apresentadas. De cada uma delas, iria separar uma música marcante da produção e destacá-la no texto. Mas, confesso que fracassei nesse objetivo pela simples incapacidade de separar apenas uma música marcante. Diante disso, a ideia mudou e resolvi fazer uma lista (não resisto a elas) com cinco canções importantes de cada uma das séries que tinha separado.
A primeira delas é, e não poderia deixar de ser, "Scandal", série que, em certa medida, também influenciou essa postagem. A trilha sonora da atração de Shonda Rhimes é uma das melhores da televisão, com músicas fortes e muito bem escolhidas para o contexto da trama. Blues, Jazz, Soul e Pop são os ritmos que predominam na história de Olivia Pope (Kerry Washington), que busca solucionar os maiores problemas da capital dos Estados Unidos.
Stevie Wonder e Nina Simone são figuras fáceis na trilha de "Scandal" e ajudam a pontuar momentos importantes da série. Nina Simone, por exemplo, surge cantando "I Shall Be Released" no episódio "The Lawn Chair", da quarta temporada, um dos melhores e mais bem construídos capítulos da saga de Olivia Pope, além de trazer uma fundamental discussão sobre aos negros pela polícia norte-americana.
Abaixo, então, cinco músicas marcantes na trilha sonora de "Scandal":

1) SUNNY - BOBBY HEBB

A quarta temporada de "Scandal" começa com um mar azul impecável, uma ilha paradisíaca ao fundo e a música marcante de Bobby Hebb, perfeita para o momento vivido por Olivia Pope, que fugiu da vida atribulada em Washington e até assumiu um novo nome. "Sunny" mostra o desejo da protagonista de aproveitar um outro estilo de vida. Mas, o sossego dura pouco e ela é logo chamada a voltar ao mundo político da capital.



2) I SHALL BE RELEASED - NINA SIMONE

Não há qualquer exagero na chamada do episódio "The Lawn Chair", da quarta temporada de "Scandal": com certeza, é um dos episódios mais poderosos da série. Bem construída e emocionante, a trama mostra Olivia Pope se envolvendo no caso de um pai que impede que a polícia mova o corpo do filho dele, um jovem negro acusado de um crime. Um conflito a princípio local acaba chegando à Casa Branca e, também, revela o racismo de policiais brancos que cuidaram do caso.



3) DON´T WORRY ´BOUT A THING - STEVIE WONDER

Stevie Wonder é quase o rei da trilha sonora de "Scandal", com diversas músicas marcantes na série. Dentre elas, um destaque é "Don´t Worry ´Bout A Thing", tocada em um momento de dois extremos da série. Também na quarta temporada, Olivia usa a canção para ter um pouco de descontração e mostrar que, acima dos problemas amorosos, ela escolhe a si mesma. Essa alegria dura pouco, pois, ainda com a música de Stevie Wonder ao fundo, a protagonista é sequestrada, vítima de uma conspiração entre terroristas e o vice-presidente norte-americano.



4) NOTHING CAN CHANGE THIS LOVE - SAM COOKE

Logo no primeiro episódio, quando a trama de "Scandal" começou a ser apresentada, lá estava "Nothing Can Change This Love", de Sam Cooke. A música, com certeza, ajudou a construir a identidade da trilha sonora da produção, sempre em sintonia com a trama. A canção ainda reflete bastante sobre o lado sentimental da série, mais especificamente do amor entre Olivia e o presidente Fitzgerald Grant (Tony Goldwyn). Afinal, como a música diz: nada pode mudar esse amor.



5) WHAT´S GOING ON - MARVIN GAYE

Marvin Gaye também é presença constante na trilha sonora de "Scandal". "What´s Going On" não representa necessariamente um momento marcante da série, mas é daquelas canções bem colocadas no contexto da trama e que, de cara, chamam atenção. Bem inserida da atração, a música ajuda a construir a coerência da trilha sonora da série, que ajuda a contar a história da influência de Olivia Pope em Washington.

Nenhum comentário:

Postar um comentário