domingo, 14 de maio de 2017

"Once Upon a Time" e outras séries que perderam personagens centrais antes do fim


O anúncio da atriz Jennifer Morrison de deixar a série "Once Upon a Time" depois de seis temporadas pegou muita gente de surpresa. Afinal, como protagonista, a trama sempre se desenvolveu ao redor dela. A notícia foi seguida pela revelação de uma debandada do elenco regular da produção. Depois dela, foram divulgadas as saídas de Rebecca Mader, Ginnifer Goodwin, Josh Dallas, Jared Gilmore e Emilie de Ravin, também considerados centrais para o desenvolvimento da história. Para a sétima temporada, já confirmada pelo canal ABC, que já está com ares de reboot, voltam apenas Lana Parrilla, Robert Carlyle e Colin O´Donoghue.
Pensando nisso, foi inevitável não pensar em outras séries que também perderam personagens importantes antes do fim e que, para o bem ou para o mal, sentiram esses efeitos. Vamos a elas:

1) Grey´s Anatomy

Em sua décima terceira temporada, "Grey´s Anatomy" ainda preserva alguns nomes que estão desde o início, como Ellen Pompeo, Justin Chambers e Chandra Wilson. Mas, a maioria dos personagens que estavam nos primeiros anos da atração já se despediram. Os mais sentidos para o andamento da trama foram Patrick Dempsey (Derek Shepherd) e Sandra Oh (Cristina Yang), que orbitavam ao redor de Meredith (Pompeo). Há mais tempo, Katherine Heigl (Izzie) e T. R. Knight (George) também já tinham "abandonado o barco". Importante durante muito tempo na atração, Sara Ramirez (Callie) também "fez as malas" e deixou o hospital Grey Sloan.

2) The Good Wife

Antes de concluir a transformação da advogada Alicia Florrick (Julianna Margulies), "The Good Wife" perdeu dois personagens muito importantes. Josh Charles, que vivia Will, o grande amor da protagonista, deixou a atração e seu personagem acabou condenado à morte, o que mudou os rumos da série. Archie Panjabi, a investigadora Kalinda, principal amiga e parceira de Alicia, também deixou a cena, dizem, por problemas de bastidores com Julianna Margulies. Depois das saídas, a série continuou ótima, mas algo sempre ficou faltando.

3) Two and a Half Men

Depois de anos como o protagonista da comédia "Two and a Half Men", Charlie Sheen, que interpretava quase que um espelho de si mesmo, foi demitido por problemas com o criador da atração Chuck Lorre. O efeito, para a série, não poderia ter sido mais implacável: Sheen foi substituído pelo ator Ashton Kutcher, que não teve capacidade para segurar a responsabilidade. As mudanças fizeram com que a série perdesse totalmente a graça e o propósito até, finalmente, chegar ao fim. O único momento inspirado dessa nova etapa foi o episódio que marca a saída de Sheen e a entrada do novo protagonista. Em cima da morte de Charlie na trama, o roteiro rendeu boas risadas. Mas, não passou disso!

4) Revenge

Lá no início da série, um misterioso corpo aparece na luxuosa região dos Hamptons, dando a entender que se trata de um dos personagens centrais da história, Daniel Grayson (Josh Bowman). Bom, na ocasião, não era, mas também não poupou a morte do personagem alguns anos depois. Insatisfeito com o desempenho, ainda na terceira temporada, Bowman deu entrevistas em que pedia a morte do personagem. Não demorou muito e, antes do fim da atração, ele deixou a atração do jeito que pediu: com a morte de Daniel.

5) Downton Abbey

A saga da família Crawley começou com mudanças, que envolviam a chegada do novo herdeiro da fortuna do clã, o advogado Matthew (Dan Stevens). O causador de tantas mudanças para a família aristocrata acabou morto na terceira temporada, já que Stevens não renovou contrato e decidiu se aventurar mais no mercado norte-americano de entretenimento. Antes dele, Jessica Brown Findlay (Lady Sybil) também já tinha deixado a atração pelo mesmo motivo. A ala dos empregados do drama de época também perdeu um personagem importante com a saída de Siobhan Finneran, que vivia a amargurada Sarah O´Brien e que deixou a mansão dos Crawley do dia para a noite.

6) Scandal

Após a primeira temporada, que teve apenas sete episódios, Henry Ian Cusick (Stephen Finch) não voltou para o segundo ano da série de Shonda Rhimes. A decisão, conforme foi divulgado, foi tomada em comum acordo, diante do baixo rendimento do amigo da protagonista Olivia Pope (Kerry Washington). Ele acabou fazendo uma participação especial anos depois, em um momento decisivo para a protagonista. A solucionadora de problemas políticos da capital dos Estados Unidos ainda perderia outro amigo importante: Columbus Short (Harrison) não teve o contrato renovado por ser acusado de agredir a esposa e um homem em um restaurante. O "gladiador" de Olivia foi morto na trama.

7) Brothers & Sisters

Ao melhor estilo "novelão", a saga da família Walker durou cinco temporadas, mas não passou ilesa de saídas repentinas do elenco. Emily VanCamp, que depois estrelaria "Revenge", pediu para sair, mesmo sendo uma personagem importante no começo da série. Depois foi a vez de Rob Lowe, que interpretava o marido de Calista Flockhart (Kitty). Por fim, Balthazar Getty (Tommy), que fazia parte do elenco regular desde o início pediu para fazer apenas participações especiais em alguns episódios. Mesmo assim, a série encontrou forças e terminou por cima.

8) The Office

"The Office" foi uma dessas séries de comédia "da moda", que recebia muitos elogios de público e crítica. Assim mesmo, ela não escapou do baque de perder o protagonista Steve Carell, que decidiu deixar o elenco após sete temporadas. A série ainda durou mais dois anos, buscando soluções "caseiras" e adição de personagens para continuar caminhando. Alguns, no entanto, dizem que nunca foi a mesma coisa.

9) Arquivo X

Depois de sete anos, o ator David Duchovny anunciou que deixaria a ficção científica "Arquivo X", série que o tornou mais conhecido nos anos 90. A atração ainda durou mais três temporadas seguidas sem o agente Fox Mulder. Recentemente, Duchovny voltou ao elenco para uma temporada especial, que pode ser considerada o décimo primeiro ano da produção. A retomada foi comemorada e pode render ainda mais frutos.

10) Private Practice

Antes mesmo de ter seu fim confirmado oficialmente, Kate Walsh, a protagonista de "Private Practice", o spin-off de "Grey´s Anatomy", anunciou sua saída da atração. A decisão da atriz veio depois que outro membro do elenco regular, Tim Daly (Pete) foi demitido e anunciou que não voltaria para o sexto ano da série. Ambas as notícias foram determinantes para o fim da atração, que acabou naquela mesma sexta temporada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário