Homeland aposta em trama sobre o terrorismo

Que os ataques terroristas de 11 de setembro marcaram a vida do povo norte-americano, isso todos sabem! E, ao que parece, a queda das torres do World Trade Center também anda influenciando a ficção. Depois de determinar os acontecimentos de "Person Of Interest", o terrorismo também deixa sua marca em "Homeland", série que estreou no último domingo (4) no Brasil.
Exibida por aqui pelo canal FX, a série apresenta Carrie (Claire Danes), uma agente da CIA que consegue invadir uma prisão no Iraque e obter uma informação que pode ajudar na captura de um famoso terrorista ligado à Al Qaeda. Meses depois de conseguir essa informação, ela assiste à libertação de Nicholas Brody (Damian Lewis), um sargento da Marinha desaparecido há oito anos e já dado como morto.
Juntando os "pontos", Carrie passa a suspeitar que Brody mudou de lado e está trabalhando para o grupo terrorista que o capturou. Para tirar suas dúvidas, ela instala câmeras e monitora de perto a vida do sargento ao lado dos filhos e da esposa Jessica (a brasileira Morena Baccarin). A agente tenta, então, convencer o amigo Saul (Mandy Patinkin) de que Brody voltou para se infiltrar e ajudar os terroristas.
"Homeland" tem uma trama empolgante e intrigante. O primeiro episódio parece um jogo de aparências, onde o espectador é levado a desconfiar de todas as atitudes de Brody e do controle emocional de Carrie, que sofre de transtorno bipolar. O texto e a produção da série também merecem destaque.
O aspecto mais interessante, no entanto, de "Homeland" é o fato da série querer abordar os resquícios de "paranóia" que a população e os responsáveis pela segurança dos Estados Unidos ainda podem ter. Também mostra como pode funcionar a cabeça de um agente americano e todas as teorias conspiratórias que podem vir à mente deles sobre a "guerra ao terror".
Vencedora do Globo de Ouro de Melhor Série Dramática, "Homeland" é daquelas séries que mal dá para esperar pelo próximo episódio. As incógnitas e os rumos da trama "grudam" o telespectador em frente à TV, deixando-o instigado para descobrir quais as reais intenções do sargento da Marinha ao voltar depois de tantos anos.

HOMELAND (primeira temporada)
Quando: todos os domingos
Onde: FX
Horário: 22 horas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

The Blacklist apresenta novo gancho para trama central e introduz spin-off arriscado

"Scandal" encerra trajetória com desfecho aberto e coerente para os personagens

Chicago Fire termina temporada com promessa de boa continuidade