Viuvez e destino da protagonista de Red Widow não empolgam

Marta Walraven (Radha Mitchell) vivia feliz ao lado da família. A dona de casa vê sua vida virar do avesso com a morte do marido, Evan (Anson Mount). Com os três filhos para criar, a viúva precisa, agora, cuidar de todos e resolver alguns assuntos "inacabados" do marido. Este é o enredo de "Red Widow", série do canal ABC que estreou no início de março nos Estados Unidos.
No primeiro episódio, que teve duas horas de duração, a família de Marta está às voltas com o casamento de Kat (Jaime Ray Newman). O núcleo familiar da história, porém, não é nada comum... Os pais e irmãos da protagonista fazem parte de um grupo ligado ao crime organizado em São Francisco. Tentando atuar em uma nova frente de negócios, o irmão de Marta, Irwin (Will Traval), rouba uma carga de drogas de Schiller (Goran Visnjic), um poderoso mafioso da região.
Para concretizar a negociação, Irwin envolve o marido de Marta na venda da mercadoria. Só que Evan é assassinado na porta de sua casa, pouco antes do negócio ser concretizado. Para cobrar o roubo das drogas, Schiller decide procurar Marta e exigir que ela lhe devolva o dinheiro equivalente à carga. Por conta disso, Marta terá, então, que mergulhar na vida de crimes que envolve sua família e que ela tanto renegou.
Adaptada a partir da série holandesa "Penoza", "Red Widow" é um drama que foca nas relações conflituosas entre o crime e a família mas, apesar de tentar criar uma trama envolvente, as duas horas do primeiro episódio não empolgam! A história da viúva que precisa assumir o lugar do marido até que não é ruim, só que não há nenhum elemento na série que chame a atenção.
Talvez a decisão de estrear a série com um episódio duplo tenha sido um erro, uma vez que os acontecimentos parecem não movimentar a história, deixando-a cansativa. Sem grandes astros no elenco, merece destaque a atuação de Radha Mitchell, que cumpre bem a função de protagonista. O vilão interpretado por Goran Visnjic é um ponto negativo de "Red Widow", já que parece estereotipado demais. Personagens mais interessante e carismáticos também não fariam mal à série...
"Red Widow" não começou bem, por conta da falta de desfechos interessantes no primeiro episódio e de personagens que chamem a atenção. Uma "mexida" na trama parece ser necessária para que a série se torne atrativa. Do contrário, a viuvez de Marta não vai durar muito na TV americana...
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

The Blacklist apresenta novo gancho para trama central e introduz spin-off arriscado

"Scandal" encerra trajetória com desfecho aberto e coerente para os personagens

Chicago Fire termina temporada com promessa de boa continuidade